domingo, 9 de janeiro de 2011

Por quê? (217) Revendo arquivos antigos


Cláudio Amaral

A informação a respeito da troca de presidente da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo me levou a rever meus arquivos, pessoais e particulares.

O presidente que saiu ficou no cargo por quase oito anos, em substituição ao meu amigo e colega de profissão Sérgio Kobayashi.

Revi milhares de publicações de todos os tipos, incluindo textos e imagens.

Mas, o que mais me agradou foi um papel – simples, por sinal – a respeito de como funcionava a Redação da Imprensa Oficial em 2003: Gerente, Clipping (dez profissionais), D. O. Leitura + Suplementos + Informativo (seis), Editorias, Editais/Judiciario (nove), Executivo (nove), Primeira Página e Revisão (nove), Editais/Apoio (13), Empresarial e Jucesp (nove) e Agência de Notícias (12).

Ao todo, éramos, na ponta do lápis, 73 profissionais.

Mais, é claro, centenas de outros profissionais das mais diferentes especialidades.

Só gerentes éramos 22.

Todos – ou quase todos – mandados embora.

Por quê?

Ah... e você ainda pergunta por que, caro e-leitor?

(*) Cláudio Amaral clamaral@uol.com.br é jornalista desde 1º de maio de 1968.

09/1/2011 19:30:14

Nenhum comentário: