domingo, 24 de julho de 2011

Por quê? (231) Fui à missa e...


Cláudio Amaral

Fui à missa e o Padre Serra me deu a unção dos enfermos.

Ou melhor: como me ensinou o Antônio Fongaro, corretor de imóveis na Coelho da Fonseca, o certo é Celebração da Missa.

Certo pelo certo, melhor é que o Padre Serra, que nesta quarta-feira segue viagem para a Sardenha, na Itália, me deu a unção dos enfermos.

A mim, à minha querida sogrinha e a um cidadão que infelizmente me foge o nome, agora.

Seria Paulo de Tarso Witkowski Frangetto? Pelo sim, pelo não, é o que me garante Sueli, minha mulher.

Padre Serra é um dos meus preferidos.

Fala enrolado, quase inteligível, mas com esforço redobrado consigo entendê-lo.

Gosto dos sermões dele.

Explica direitinho, com clareza superior as passagens da Bíblia.

Leu o livro das orações, algumas referentes à benção dos enfermos.

Depois, me benzeu a testa.

Permiti que minha sogra, a querida Bisa Cida, fosse a primeira, porque ela será operada antes de mim.

Será nesta terça-feira, dia 23 de julho de 2011, no Hospital Santa Catarina, no lado direito da Avenida Paulista, em São Paulo.

Aparecida Grenci Bravos, a minha segunda mamãe, será operada para retirada de algo no reto.

Eu vou fazer uma cirurgia cerebral, para retirada de um tumor no cérebro.

Serei internado no Hospital Santa Magiore, lá pertinho.

Será na Rua Maestro Cardim, próximo ao Shopping Paulista, aqui mesmo em São Paulo.

Todos me desejaram boa sorte, disseram que vai dar tudo certo..., etc. etc. etc.

A mim e a minha sogrinha querida.

Que Deus ouça suas preces.

Por quê?

Ah... e você ainda pergunta por que, caro e-leitor?


(*) Cláudio Amaral clamaral@uol.com.br é jornalista desde 1º de maio de 1968.


24/7/2011 11:31:54

2 comentários:

Ivan Evangelista Jr disse...

Prezado Cláudio,
minhas preces por você e pela Da. Cida para que tudo corra bem e que o pós cirurgico seja o melhor possível.
Deus está presente e cuida de nós.

Eduardo Ribeiro disse...

Claudio,
Guerreiro, como sempre foi, será mais uma batalha a ser vencida, nessa sua gigante trajetória profissional. Força. Estamos unidos ao seu lado.