terça-feira, 6 de maio de 2008

Por quê? (81) Isabella?


Cláudio Amaral


Sou avesso a sensacionalismo.

Jamais me vi na posição de editor de Polícia de jornal sem compromisso com a seriedade e, por conseqüência, de casos polêmicos e ou crimes hediondos como o da pequena Isabella.

Sei deste caso por cima, superficialmente.

Fico arrepiado diante da hipótese de que foi o pai quem a matou ou pelo menos contribuiu para o fim trágico que a garota teve, aqui em São Paulo.

Como pai, tio e avô de meninas lindas, meigas, carinhosas, amáveis e amadas, algumas já mulheres, outras ainda pequenas, como Be(bê)atriz, Laura e Sofia, fico arrepiado cada vez que sou lembrado que Isabella foi estrangulada e jogada de um prédio de apartamentos.

Como pode o ser humano ser tão insensível a ponto de maltratar e até matar um semelhante inocente e indefeso?

Por tudo isso, me nego a ver e a ler o noticiário a respeito de Isabella.

Recuso-me, inclusive, a aceitar o tratamento que os jornais, as revistas, as emissoras de rádio e de televisão dão a este rumoroso caso.

Sim, eu sei, pelo que ouço aqui e ali, que tudo leva a crer que o pai e a madrasta são os responsáveis por este crime hediondo. Mas, cá comigo, essa hipótese absurda só será verdadeira se e quando o casal admitir que matou Isabella.

E como dificilmente eles admitirão...

Caso como o de Isabella nos mostra uma realidade dura, difícil, cruel, desumana, irracional, irresponsável...

Casos como o de Isabella nos leva a questões difíceis de encarar e de responder:

- por que as pessoas se casam, têm filhos e depois os maltratam e chegam até a abandoná-los ao invés de dar-lhes amor, educação, bons exemplos?

- por que ainda existem pais que mimam, sustentam, amparam exageradamente e jamais dão liberdade a seus filhos para eles possam ser homens e mulheres independentes e cidadãos exemplares?

- por que o nosso planeta ainda é povoado por gente que coloca gente no mundo e depois lhes tiram a vida?

- por que o ser humano é tão desumano?

Tive infância e adolescência difíceis, materialmente falando, mas jamais me faltou amor, bons exemplos e boa educação, em casa e nas escolas pelas quais passei, embora sempre tenha estudado em estabelecimentos públicos.

Talvez, ou melhor, certamente por isso me choca tanto os maus tratos que vejo diariamente, de parte a parte, entre pessoas que deveriam ser bem tratadas, ou pelo menos encaradas com respeito.

Vejo, com tristeza, diante de casos como o de Isabella, que ao invés de evoluir e se humanizar, a Humanidade se embrutece e fica cada vez mais desumana.

Por quê?

Ah... e você ainda me pergunta por que, caríssimo e-leitor?

5/5/2008 17:53:47

Nenhum comentário: