quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Por quê? (242) Vivendo no Exterior


Cláudio Amaral

Desde que Sueli e eu falamos pela primeira vez em ter filhos, no segundo semestre de 1969, lá em Marília, penso no quanto seria bom ter um deles vivendo no Exterior.

De preferência, num país do primeiro mundo.

Penso na Inglaterra, na França, no Japão, na Alemanha, na Itália, na Espanha, no Canadá... e, claro, nos Estados Unidos.

Imagino a importância de conhecer Londres e em estudar inglês em Oxford.

Como seria bom ir a Tóquio, Kioto e outras cidades do Japão.

Paris, então, é um sonho indescritível. E, uma vez em Paris, aproveitar para ver Lion, por exemplo, entre outras cidades.

Que tal aproveitar para rever Roma, Madri e Barcelona (afinal, Barça é um encanto de cidade)?

No Canadá, aproveitaria para conhecer de perto o quanto é gratificante pagar imposto sem revolta, porque o governo devolve tudo (e mais um pouco) em benefícios aos contribuintes.

Nos Estados Unidos? Ah... tem tanta coisa boa e interessante, tanta cidade civilizada e tantos lugares históricos, que fica até difícil citar.

Na Alemanha? Antes de ir para o país de Angela Merkel eu pediria dicas para o Amigo Ricardo Kotscho, que já viveu por lá.

Acredite, se quiser, caríssimo e-leitor: meu sonho está se realizando.

Graças à família de minha primeira filha, Cláudia Márcia do Amaral Gouvêa, vamos rever os Estados Unidos.

Graças principalmente ao marido dela, Márcio Gouvêa, que acaba de ser transferido da Nextel, no Brasil, para a NII, em Washington.

Ele começou a trabalhar por lá no dia 1º de agosto de 2011, voltou ao Brasil no sábado, 13 de agosto de 2011.

Márcio Gouvêa tem trabalhado todos os dias – inclusive no mesmo sábado (12) e no sábado (13) aqui em São Paulo.

E nesta sexta-feira (19), à uma hora da madrugada, a família toda embarca para os Estados Unidos: Márcio, Cláudia, Beatriz, Murilo e Bisa Cida (Aparecida Grenci Bravos), que aos 83 anos de idade vai pela primeira vez aos Estados Unidos.

Nós – Sueli e eu – estamos com passagens aéreas compradas para o dia 18 de setembro de 2011. E por lá ficaremos até 30 de novembro, aproximadamente, quando voltaremos com Cláudia, Beatriz e Murilo.

Voltaremos para o Natal. Felizes da vida, com certeza.

Por quê?

Ah... e você ainda pergunta por que, caro e-leitor?

(*) Cláudio Amaral clamaral@uol.com.br é jornalista desde 1º de maio de 1968.

17/8/2011 09:04:23

3 comentários:

Cecília Queiroz disse...

Quem sabe vc não estica e vai para o BRAFFTv (www.brafftv.com) em Toronto? De 29/9 a 2/10? Seria muito bom te ver por lá. bjs

Não sou eu quem me navega disse...

Wonderful news, you (and I mean the whole family) deserve. I´m sure it´s going to be a remarkable life experience.

Anônimo disse...

Não sou eu quem me navega disse...

Notícia maravilhosa, você (e eu digo toda a família) merece. Tenho certeza que vai ser uma experiência de vida marcante. in Por quê? (242) Vivendo no Exterior